chamada #1

o que é um lugar?

Em uma tarde de conversa fiada converso com uma cigana que me aponta um horizonte que eu já enxergava mas não percebia. Lá, ao longo, onde minha flecha atingiu sem que eu ao menos mirasse. Não, mentira, eu mirei, mas de olhos fechados. Com meu arco em mãos e os pés cansados caminho em direção ao vazio. O vazio. Um lugar que conheço bem. Em trânsito, me vi seguindo uma fagulha que iluminava as ideias e meu percurso. Era evidente que eu precisava de outros olhos para atravessar as águas turvas do pensar. Logo eu, que mareio entre sentidos e significados. Me perdi. Soltei mais uma flecha e agora corro atrás dela. Quero ver onde isso vai chegar.

                                                             O que é um lugar?
                                                             O lugar?
                                                             O que pode ser um lugar?
                                                             E o que não pode?
                                                             O que não é um lugar?
                                                             Um espaço, um site, um não lugar?
                                                             A ausência de um lugar?
                                                             Um sem lugar?
                                                             Uma utopia?

Este é um convite para incendiar o pensamento, a língua, a linguagem, a academia e o mundano!
OBRIGADA PELA PARTICIPAÇÃO!

Os trabalhos estarão disponíveis em breve.